23
Ago 09

Escolhido o júri do programa da SIC 'Ídolos'

Manuel Moura dos Santos, Pedro Boucherie Mendes, Roberta Medina e Laurent Filipe são a barreira que os candidatos da terceira edição dos ‘Ídolos’, SIC, têm de ultrapassar para alcançar o sonho. O júri do programa – apresentado por Cláudia Vieira e João Manzarra – foi recebido, ontem, na Alfândega do Porto entre aplausos e gritos de entusiasmo.
 

Nuno Santos, director de Programas da SIC, fez as honras da casa, apresentando o quarteto. Moura dos Santos, já conhecido das edições anteriores, vai continuar a "não ter papas na língua". Se dantes tinha Luís Jardim para o acompanhar na frontalidade, agora é a vez de Pedro Boucherie Mendes, director de canais temáticos da SIC, entre os quais a SIC Radical. "É um daqueles portugueses raros que diz logo aquilo que pensa, o que é estimulante porque não há nada pior do que induzirmos as pessoas em erro", revelou Nuno Santos.

A atitude de Roberta Medina perante os candidatos vai ser a "mais delicada possível, mas sempre dizendo a verdade", confessou a própria directora do Rock in Rio.

A equipa de ‘Ídolos’ vai estar no Norte até segunda-feira à noite. "Daqui podemos levar sérios candidatos à fase final e quem sabe não estará aqui o nosso Ídolo", sublinhou Frederico Ferreira de Almeida, director da Fremantle, produtora responsável pelo programa.

 

Fonte:CM

 

publicado por dina às 21:43 | comentar | ver comentários (2) | favorito
tags: , ,
15
Ago 09

Mais de dez mil inscritos para os 'castings' de 'Ídolos'

A propósito do comentário deixado aqui no blog pelo Jorge Soares, em que ele deixa um link de uma petição, decidi verificar mesmo se a idade limite que está a ser contestada é um facto real. Ao que tudo indica, parece que sim.

28 anos é a tal idade limite, o que me parece um pouco injusto realmente. Porque não dar também oportunidade a pessoas que já entraram na casa dos trinta?

 

Bem, entretanto algumas datas de castings já foram marcadas. Na próxima sexta-feira o Porto recebe os primeiros castings para a terceira edição do Ídolos, que a SIC vai lançar este Outono. E depois de avaliados os 1500 candidatos já inscritos para as audições no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, segue-se Lisboa, a 28 de Agosto. Na capital, os castings para o programa  vão realizar-se nas Cavalariças do Pestana Palace, no Alto de Santo Amaro. A data dos castings no Algarve ainda não foi revelada.

 

publicado por dina às 12:41 | comentar | favorito
tags: , ,
10
Ago 09

Cláudia Vieira e João Manzarra no "Ídolos"

 

 

 

Cláudia Vieira e João Manzarra são os apresentadores da terceira temporada de "Ídolos" que a SIC está a preparar para a "rentrée". Tal como com Diana Chaves, em "Salve-se quem puder", a estação coloca uma actriz no papel de apresentadora.

"Vai ter que se apoiar muito em mim (risos)", brincou João Manzarra, quando questionado sobre a inexperiência da futura colega, acrescentando ter ficado muito contente com a escolha. "Sei que ela tem muito bom coração e é muito simpática".

O apresentador, que conduz ao lado de Carolina Patrocínio "Todos Gostam do Verão" ("TGV"), o concurso das noites de domingo de Carnaxide, ficou satisfeito com o convite para a próxima aposta da estação. "Parece que aos poucos me vou tornando menos numa 'jovem promessa' e passo a ser mais 'uma certeza'", disse.

Quanto a "Ídolos", Manzarra, explicou que se trata de um formato com que se identifica. "Sempre achei muita graça à parte dos 'castings', do julgamento. Foi um programa que terminou e que ainda hoje as pessoas falam dele", sublinhou.

Para o novo desafio, o apresentador explicou que não se vai inspirar em outros registos. "Vai ser na linha do que fui até agora. O que está ali é muito daquilo que sou. Mas ainda tenho bastante a aprender e estou aberto às indicações da produção". Questionado sobre se gostaria de encontrar a "Susan Boyle portuguesa", João Manzarra responde bem humorado: "Se houver vou encontrá-la!".

Depois de ganha a aposta de Diana Pereira, a SIC volta a escolher uma actriz para a condução de um programa de horário nobre. Cláudia Vieira, tal como Diana Chaves, trocou a TVI pela estação de Carnaxide. Pouco depois desempenhou um dos principais papéis de "Podia Acabar o Mundo". Esta é a sua estreia à frente de um formato de entretenimento.

Tal como o JN já noticiou, os "castings", arrancam a 21 de Agosto, na Alfândega do Porto. Fonte da produção revelou que estão já mais de dez mil pessoas inscritas, de Norte a Sul do país. Por isso, os castins vão estender-se a várias localidades, de modo a que ninguém fique sem mostrar o seu talento.

 

Fonte: JN

publicado por dina às 23:13 | comentar | ver comentários (1) | favorito
21
Jul 09

Segundo canal tem vindo a ser alvo de queixas

A RTP2 conquistou uma posição quase irrepreensível no que toca às queixas ao provedor do Telespectador. As críticas costumam incidir sobre o primeiro canal. No entanto, nas últimas semanas é a RTP2 que está na charneira das reprimendas que têm chegado a Paquete de Oliveira.

 

Recorde-se a celeuma que suscitou um "sketche" do formato "5 para a meia-noite", em que Nilton satirizou a GNR. Tal facto mereceu uma dura recomendação do provedor. "Respeito a especificidade do humor e a liberdade criativa dos autores, mas naquele caso foi excessiva". O provedor considera que a rábula "achincalhou os profissionais da GNR". Porém, admite ter-lhe custado tomar esta posição, uma vez que o programa é uma "uma lufada de ar fresco".

Outra situação que mereceu reparos por parte dos espectadores foi a "interrupção súbita de um capítulo da série "O mentalista". Jorge Wemans, director da RTP2, atribuiu o sucedido a um "erro de edição. A questão que está a gerar mais controvérsia refere-se ao salto de temporadas de "Serviço de urgência" (situação referida no meu outro blog - Season One). De acordo com o provedor, "está criado um movimento organizado a contestar a decisão do director em exibir a 15ª época antes das precedentes". Wemans foi expedito em enviar uma missiva em jeito de justificação ao provedor sobre a matéria.

 

Fonte: JN

 

publicado por dina às 20:42 | comentar | favorito
13
Jul 09

‘Tá a Gravar!’ antes do ‘Jornal da Noite’

ta-a-gravar

SIC: ‘Nós por cá’ vai amanhã de férias com edição especial

Carolina Patrocínio e Pedro Miguel Ramos vão substituir ‘Nós por Cá’ com o seu formato de vídeos caseiros, ‘Tá a Gravar!’. O facto de a partir de terça-feira estarem no ar antes do ‘Jornal da Noite’, 19h00, não os preocupa. "É um horário de enorme responsabilidade", admite o apresentador.

"É um formato assumidamente de Verão, onde o estúdio vai ganhar uma paleta de cores, que se enquadra na estação. Além disso, eu e a Carolina vamos estar vestidos de uma forma mais informal, não com aquela rigidez do prime time", avança Pedro Miguel Ramos sobre a nova edição de ‘Tá a Gravar!’.

Já Carolina Patrocínio, que voltou ontem de Madrid onde esteve a gravar ‘TGV’, admite ao CM que "o ‘Tá a Gravar!’ passa para um horário em que a SIC tem tido algumas dificuldades". A concorrência não se antevê fácil. Na RTP 1, Fernando Mendes continua a dar prémios em ‘O Preço Certo’. Na TVI, a edição de Verão de ‘Morangos Com Açúcar’ faz a delícia dos mais novos.

Sobre o programa que ontem se despediu do prime time, Pedro Miguel Ramos sublinha: "O ‘Tá a Gravar!’, ao contrário do que disseram alguns profetas e críticos, é um formato vencedor e importante para a estação".

‘Nós Por Cá’, conduzido por Conceição Lino, foi a aposta da estação no acesso ao ‘Jornal da Noite’. O programa vai de férias e despede-se amanhã com uma emissão especial.

Carolina, que faz dupla com Pedro Miguel Ramos em ‘Tá a Gravar!’, e com João Manzarra no ‘TGV’, garante: "São os dois muito divertidos e têm um sentido de humor muito próximo. Eu e o Pedro demo-nos muito bem logo à partida, apesar das idades".

 

publicado por dina às 19:17 | comentar | ver comentários (1) | favorito
07
Jul 09

TGV ganha a NPC

O nome do novo programa da SIC parece mais relacionado com o transporte público que tanto tem dado que falar nos últimos tempos em Portugal do que outra coisa e talvez tenha sido esse o objectivo, porque se formos a ver o que significa, a originalidade foi pouca: 'TODOS GOSTAM DO VERÃO'. Além disto, o próprio nome já limita a duração do programa, o que é pena, porque pelo pouco que vi, gostei. Já tinha saudades de uma espécie de 'Jogos sem fronteiras', álém de que a equipa de produção iniciou bem a sua primeira emissão: Porto vs Lisboa, a eterna rivalidade.

 

Bem, no mesmo dia, a TVI estreou o 'Nasci para cantar' (já que estamos na onda, NPC), com o Herman José. Não vi este e sinceramente dispenso, porque é mais do mesmo. Pelo que sei, é uma espécie de 'Chuva de Estrelas', com adolescentes...

 

Bem, mas falemos quanto às audiências. Segundo o CM:

A luta das audiências foi renhida, com ‘TGV’, da SIC, a ganhar em número de espectadores (audiência de 1 239 600 contra 1 206 000 de ‘Nasci Para Cantar’) e o programa da TVI a registar mais share. ‘Nasci P’ra Cantar’ esteve no ar durante duas horas e 55 minutos e registou 41,5% de share, enquanto ‘TGV’, com uma hora e dez de emissão, conquistou 34,9% de share.

 

publicado por dina às 16:55 | comentar | favorito
03
Jul 09

Concurso 'Ídolos' vai regressar à SIC na 'rentrée' em Setembro

Uma Susan Boyle portuguesa poderá surgir a partir de Setembro na SIC. O concurso Ídolos vai voltar à estação de Carnaxide, de acordo com fonte oficial contactada pelo DN. A especulação sobre quem o irá apresentar vai começar nos meios de comunicação social, mas tudo indica que será uma ou duas caras jovens e não um,ou uma, profissional já com carreira consagrada.

A inscrição para os castings já começou. Para isso, os interessados devem enviar sms para o 3368, indicando o nome, idade, localidade e profissão. Além dos apresentadores, falta ainda saber quem vai compor o júri, que tem sempre um elemento menos simpático para os candidatos...

Recorde-se que a SIC exibiu Ídolos em 2003 e 2004. A primeira edição foi ganha por Nuno Norte, que continuou a sua carreira na música, e a segunda por Sérgio Lucas, que participou nos programas da produtora Comunicasom. As duas primeiras edições foram apresentadas por Sílvia Alberto, hoje apresentadora de Febre da Dança, na RTP1, e por Pedro Granger, apresentador de Rédea Solta, na TVI 24 e actor de telenovelas e séries da TVI.

Agora é esperar que uma qualquer candidata de Trás-os-Montes ou do Alentejo surpreenda com uma voz que encante todo o País, como aconteceu com Susan Boyle no Reino Unido.
 

 

Fonte: DN

 

publicado por dina às 19:22 | comentar | favorito
tags: , , ,
20
Jun 09

Até que ponto isto é serviço público???

Serviço Público é um conceito que, pelo menos em Portugal, ainda é um pouco confuso, contudo devo colocar aqui a pergunta: até que ponto transmitir o dia todo o mega-piquenique (pic-nic) Modelo é serviço público?

 

A RTP começou a transmitir por volta das dez da manhã a 'Festa de Verão', que consistiu em mostrar o que se passava no Parque da Belavista, Lisboa, durante esta reunião de portugueses felizes por demonstrarem a sua portugalidade. Entre algumas actividades e animação, houve tempo para a música, em especial para o cantor português do momento, Tony Carreira.

O objectivo era entrar no Guiness, o livro de recordes mundiais, como o maior piquenique organizado e ao que parece foi conseguido, com a presença de mais de 22 mil pessoas.

 

Houve um interregno, para transmitir o 'Jornal da Tarde' e depois o 'Top+', para por volta das 15h30 voltarem à carga, até ao final da tarde.

 

Sei que já fiz esta pergunta por diversas vezes e é triste estar constantemente a fazê-la, mas será que já não existe mais nada que a RTP possa transmitir numa tarde de sábado??? E realmente, este tipo de programa será considerado serviço público ou um valente convite a que as pessoas que não foram ao pic-nic, aproveitarem a praia ou simplesmente passearem por algum sítio que não o Parque da Belavista???

 

publicado por dina às 21:35 | comentar | favorito