Filme sobre Maddie

Já nem precisa de apresentações. Nem a menina, nem os pais, que muita água fizeram correr nos últimos oito meses nos meios de comunicação social nacionais e internacionais.

Pois bem, a notícia agora é o facto dos McCann estarem a estudas propostas milionárias para fazer um filme-documentário sobre o misterioso e mediático desaparecimento de Maddie, com o qual supostamente querem angariar fundos para continuar a procurar pela filha.

 

O fundo "FindMadeleine", criado para ajudar nas operações internacionais de busca da menina, chegou a atingir a soma de mais de um milhão e meio de euros, mas os donativos começaram a  escassear quando os McCann passaram a arguidos. E agora, segundo todas as fontes, já pouco ou nada restará nos cofres. E a questão que tem que se colocar, é que foram somente as viagens que os fizeram gastar estes valores ou realmente usaram-no para pagar os ordenados multimilionários dos advogados e dos detectives contratados?

 

Segundo o vespertino de Londres "Evening Standard", o filme seguiria um esquema semelhante ao da película "Tocando o Céu" e seria rodado pela mesma equipa, sob as ordens do realizador Kevin MacDonald . O filme "Tocando o Céu", de 2002, retratava a luta de dois alpinistas britânicos perdidos na montanha e combinava declarações reais dos protagonistas com dramatizações da aventura.

Em Inglaterra, calcula-se que o filme poderia render aos McCann, pelo menos, um milhão de libras. Simultaneamente, o casal estuda propostas para um livro sobre "o caso Madeleine " e anunciou que vai passar a cobrar dinheiro aos jornais e televisões que quiserem entrevistas.

 

 Agora, mais uma questão ou mesmo desabafo. Deixou realmente de ter importância a procura de uma menina para ser um assunto rentável financeira e mediaticamente para os pais de Madeleine McCann? Sim, porque por exemplo cobrar valores por entrevistas, que apesar de tudo têm interesse social, pois são os familiares directos da menina, já é um exagero para a angariação do fundos...

Mas quer dizer, todo este caso deixou de ser simplesmente a procura de uma menina, há muito, muito tempo...



Fonte: Sapo
publicado por dina às 13:49 | favorito