Olha quem fala...

"Ainda que não seja jornalista, faz-me impressão, por vezes, o que vejo e o que leio. Razão? Há repórteres que escrevem livros de e sobre pessoas. Quanto a isso, tudo correcto. Todos têm direito a agarrar as oportunidades quando surgem. Mas já não acho certo ou ético que depois publiquem notícias (não são opiniões) a torto e a direito, a atacar sempre o mesmo alvo. Ou eu mesma ou o processo ‘Apito Dourado’ num registo, parece-me, nada imparcial."

Mademoiselle CAROLINA SALGADO

 

Fonte: Correio Vidas (excerto de uma crónica ou alo que o valha!)

 

 

 

 


 

publicado por dina às 18:01 | comentar | favorito