Líder da JS assina 'Petição: Não calem o JN'

Duarte Cordeiro, o líder da Juventude Socialistas (JS), é um dos políticos conhecidos que apoia a causa em defesa do ‘Jornal de Notícias’. O socialista já assinou a petição ‘Não Calem o ‘JN’’. Na onda de solidariedade contam-se ainda vários juízes, advogados, e professores universitários.

 

"É uma pena que mais uma vez, em nome do lucro, se tente destruir uma instituição centenária do Norte de Portugal", sublinha António Lourenço, engenheiro mecânico. Os juízes José Cruz Pereira, Fazendas Borges Varão e Manuel Pinto – "colaborador gratuito do ‘JN’ com artigos de opinião na área da Justiça" – também se juntam à petição.

 

O processo de despedimento colectivo de 123 trabalhadores do ‘JN’, ‘Diário de Notícias’, ‘24 Horas’ e ‘O Jogo’ da Controlinveste volta hoje à mesa de negociação. Os trabalhadores apresentaram queixa na ERC contra o "despedimento selectivo". Numa carta enviada a vários responsáveis políticos, entre os quais, o Presidente da República, os trabalhadores acusam o grupo de media de ter feito uma avaliação "apenas para a ocasião".

publicado por dina às 13:51 | favorito