'JORNAL 2' passa a ter legendagem automática

A RTP iniciou a legendagem automática do Jornal 2, iniciativa que integra o projecto da RTP na área das Acessibilidades (página 884 do Teletexto).

O Jornal da Tarde e o Telejornal já dispõem deste serviço, que foi desenvolvido pelo Laboratório de Sistemas de Língua Falada do INESC-ID Lisboa em colaboração com a RTP. Baseia-se num Sistema de Reconhecimento Automático de Fala, o qual realiza a transcrição para texto do áudio produzido nos programas de televisão a partir de um vocabulário de cem mil palavras, actualizado diariamente com modelos de linguagem baseados em textos de carácter noticioso, anunciou o operador público.

Esta versão do sistema apresenta as legendas em duas linhas de tamanho duplo, fundo preto e colocadas no topo da página do Teletexto. A transcrição da fala é mostrada em cores diferentes para os oradores masculinos (branco) e para os oradores femininos (amarelo). Como o sistema produz erros de transcrição apenas são visualizadas legendas cujo grau de confiança do sistema de reconhecimento seja superior a 85%. As legendas ficam activas durante um intervalo de tempo correspondente à duração respectiva do áudio produzido. A legenda apresenta uma tentativa de pontuação, algo mais difícil para fala espontânea.

Com este novo serviço, "a RTP visa um contexto bastante mais alargado que inclui outros segmentos de público como os jovens (estímulo à leitura), as comunidades estrangeiras residentes em Portugal (aprendizagem do Português), as comunidades portuguesas residentes no estrangeiro e todos os falantes de português, assumindo-se como um elemento de promoção da língua portuguesa no mundo", conclui.
Fonte: Diário Digital
 
Opinião:
A aposta nestes serviços deveria ser feita em maior escala, especialmente no canal de serviço público. Falta, além das legendagens, pessoas que façam em simultâneo a 'tradução' para linguagem gestual  em mais programas.
publicado por dina às 16:09 | comentar | favorito