A SIC é minha

Não, esta expressão não é minha, até porque vejo com muito pouca frequência este canal. "A SIC é minha" é o nome da nova campanha para promover os 15 anos de existência do canal privado, cujo auge é a 6 de Outubro.

 

Uma t-shirt preta de 'S' ao peito, no estilo dos super-heróis, e um gorro da mesma cor é a vestimenta de um miúdo, que tem cerca de 15 anos, e que aparece de punhos cerrados e um olhar pouco amigável a destruir três televisores à marretada em poucos segundos.

Este é o primeiro anúncio relativo a esta campanha.

 

"É para partir a loiça toda", disse ao Diário de Notícias o subdirector de programas da SIC, Paulo Bastos, repetindo as mesmas palavras que se podem ouvir no anúncio, filmado no parque de estacionamento do canal de Carnaxide. "Representa aquilo que a SIC se orgulha de ser", explicou o responsável, "uma mudança, uma televisão que rompeu com o passado, com o panorama de cinzentismo televisivo que se vivia em Portugal, dependente de uma televisão pública politicamente comprometida". Paulo Bastos sublinhou que a SIC" foi a primeira televisão a dar às pessoas aquilo que elas queriam ver". Isso é que ainda estamos para ver…

 

O vídeo de promoção explicita muita violência, mas o director desdramatiza. Na entrevista ainda ao DN, ele afirma que "Eles [os jovens] têm acesso a vídeos muitos piores e a percentagem de beijos e abraços na SIC é esmagadoramente maior", explicou. O responsável acredita que "os jovens sabem distinguir a realidade da ficção".

A sério? Não se nota…

 

O "casting" entretanto vai decorrer no intuito de encontrar 15 jovens que tenham nascido no mês de Outubro há 15 anos atrás. O objectivo é colocar adolescentes a tomar decisões dentro da SIC. "Eles vão ser donos da estação por um bocado", explicou Paulo Bastos.

Medo, muito medo…

 

De forma a assinalar a data, a SIC vai ainda fazer uma nova parada com a presença das caras da estação, embora ainda esteja o local por definir. No ano passado, realizou-se na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

publicado por dina às 16:53 | favorito
tags: