Mais um caso num tribunal em relação ao 'O PRIMEIRO DE JANEIRO'

 

Despedimento de jornalistas do 'Primeiro de Janeiro' em Tribunal

 

O Tribunal de Trabalho do Porto começa a analisar, na próxima quarta-feira, pelas 10.30 horas, o despedimento de que foram alvo 32 jornalistas de "O Primeiro de Janeiro".

Na primeira audiência, serão ouvidos os jornalistas sindicalizados e gerentes da SEDICO, Serviços de Edição e Comunicação, empresa responsável pela Administração do jornal. Uma semana depois, decorrerá a segunda sessão.

A SEDICO está a ser alvo de outros processos, alguns com cerca de 20 anos. Ontem, o Tribunal do Comércio de Gaia tinha para apreciação um pedido de insolvência, interposto por Manuel Dinis, antigo funcionário. A empresa decidiu aceitar o pedido de insolvência e o juiz notificou-a para apresentar uma lista dos bens. "A declaração de insolvência é inevitável", referiu Ernesto António, do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Gráfica e Imprensa.

 

Fonte: JN

 

publicado por dina às 16:04 | favorito