Não estamos fartos de clichés?

 A nova novela brasileira 'Negócio da China', que tem como responsável Miguel Falabella e onde entram actores portugueses, está repleta de clichés ao que parece...

 

Ao que tudo indica para os brasileiros continuamos a ser o povinho provinciano e conservador. Não tenho nada contra os brasileiros (até tenho familiares p'ra aqueles lados), mas não acho piada que continuem a ter uma ideia de nós tão redundante...

 

A família portuguesa: o Manel que é padeiro e tem bigode, a mulher Maria, que é barulhenta quanto baste, a senhora que vem do interior e que é velha e que se veste de preto, como se estivesse de luto e o rapaz que parte para o Brasil para uma vida melhor (acho que há sítios aqui na Europa onde se encontra uma vida melhor, mas...) e ainda os filhos do padeiro que têm vergonha do conservadorismo do português... Curiosamente ainda esta família portuguesa vive num bairro muito antiquado de nome Parque das Nações, ao contrário da realidade, onde temos um Parque das Nações moderno e luxuoso.

 

Quando confrontado com a situação, Ricardo Pereira afirma que: "Estou muito orgulhoso com o papel que estou a fazer. Essa realidade também existe e há muitos portugueses assim no Brasil", e garante ainda que "É uma história ficcionada, não tem de mostrar o Portugal moderno. Mas o nosso país não vai ficar mal visto". Achas mesmo???

 

publicado por dina às 15:41 | comentar | favorito